Minaspetro
Gestão

Minaspetro divulga Carta aberta ao governador Fernando Pimentel e pré-candidatos ao governo estadual

Artigo escrito por ClubPetro
Por ClubPetro
Criado em 06/06/2018, atualizado em 24/07/2020

O Minaspetro – Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo no Estado de Minas Gerais, divulgou hoje, 6 de junho, uma Carta aberta ao governador Fernando Pimentel e aos pré-candidatos ao governo estadual.

Leia na íntegra, a Carta assinada pelo Presidente do Minaspetro, Carlos Guimarães.

Excelentíssimo governador,

a recente greve dos caminhoneiros evidenciou aos cidadãos brasileiros a situação insustentável dos preços dos combustíveis no Brasil e, em especial, da elevada carga tributária que incide sobre a nossa cadeia. Vale ressaltar que Minas Gerais possui a segunda maior carga tributária sobre os combustíveis do Brasil.

Como representante dos mais de 4.300 postos no Estado de Minas Gerais, em defesa do caminhoneiro mineiro e, principalmente, em defesa de TODOS os consumidores do estado de Minas Gerais, o Minaspetro solicita, pela presente, respeitosamente, que V.Ex.ª. equipare imediatamente o valor dos tributos dos combustíveis de Minas Gerais com o estado vizinho de São Paulo!

Com isso, nós consumidores mineiros poderemos ter:

– Gasolina R$0,45 mais barata
– Óleo diesel R$0,13 mais barato
– Etanol: R$0,21 mais barato

A alta carga tributária de Minas Gerais faz com que caminhoneiros, empresas de transportes e consumidores cruzem a fronteira do estado diariamente para abastecerem em São Paulo, causando uma gigantesca perda de arrecadação para os cofres do Estado!

Ressalta-se, nesse argumento, uma das teorias mais famosas do pensamento econômico: a ”Curva de Laffer”, evidenciando que alíquotas mais altas de impostos não significam maior arrecadação do Estado; ou seja, este movimento de êxodo dos postos que citamos acima gera a queda de receitas para o próprio estado de Minas Gerais.

Ciente da dificuldade que atravessa nosso estado, conto com a compreensão de V.S.a. para diminuir nossas alíquotas, e principalmente, praticar um preço de pauta para cobrança do ICMS (PMPF) mais justo! Com isso, certamente traremos as vendas de volta para Minas Gerais e uma maior arrecadação.


Ao se cadastrar você aceita receber os conteúdos do ClubPetro e compreende que pode se descadastrar a qualquer momento.

Posto de combustíveis