novo levantamento de preços de combustíveis
Colunistas, Postos de Combustíveis

ANP e novo Levantamento de Preços de Combustíveis (LPC)

Artigo escrito por Wladimir Eustáquio Costa
Por Wladimir Eustáquio Costa
Criado em 03/11/2020, atualizado em 03/11/2020

O novo Levantamento de Preços de Combustíveis (LPC) da ANP já entrou em vigor. A pesquisa acompanha semanalmente os preços dos combustíveis automotivos e do GLP (gás de cozinha), que são divulgados semanalmente no portal da Agência. 

Leia também: Se temos petróleo, por que seguimos os preços internacionais para os combustíveis?

Resta uma grande pergunta sobre este novo formato de pesquisa de preços que a ANP : “a quem interessa; por quem será usada; e para quê será usada esta pesquisa”, já que:

1. O site e a o formato de apresentação dos dados não terá nenhuma utilidade para o consumidor, pois informa preços da semana anterior, além de ser um site difícil de ser consultado pela sociedade e para o consumidor final.
2. A ANP eliminou a coleta e a informação dos preços da distribuidora, algo que era muito útil ao revendedor (apesar dos rebates fora da NF).

Após audiência pública, onde ouviu todos os players, lideranças e representantes do mercado, a ANP retomou, no ultimo dia 23 de outubro, a partir das 18h, a publicação semanal do Levantamento de Preços de Combustíveis (LPC), com os dados da semana de referência de 18/10 a 24/10/20.

O novo formato do LPC prevê a utilização de formulário eletrônico, que captura a geolocalização do pesquisador, com data e hora e solicita a inclusão de fotos do posto e do painel de preços, garantindo a confiabilidade e a rastreabilidade dos dados, além da introdução de preços de gasolina C aditivada.

A grande novidade é que não capta mais os preços pagos pelos postos às distribuidoras. Para o posto, no entanto, será obrigatória a informação dos preços e condições praticadas.


Ao se cadastrar você aceita receber os conteúdos do ClubPetro e compreende que pode se descadastrar a qualquer momento.

Posto de combustíveis