cobrança indevida da Cielo
Revendedor

Revendedores questionam cobrança indevida da Cielo

Artigo escrito por Ricardo Pires
Por Ricardo Pires
Criado em 22/10/2018, atualizado em 23/07/2020

Na última semana recebi diversas ligações de revendedores insatisfeitos com uma cobrança indevida da Cielo, uma  taxa fixa agora cobrada pela empresa para determinado valor. Constatamos diversos relatos em diferentes regiões do país.

Os revendedores denunciam que a Cielo, empresa que atua no mercado de adquirência multibandeira, tem cobrado um valor fixo de R$ 0,40 centavos em transações abaixo de R$ 40,00, ou seja, independente do valor da compra, o revendedor precisa repassar os R$ 0,40 à empresa, o que pode chegar a mais de 10% da venda se for um cafezinho em sua loja de conveniência, valor acima do cobrado normalmente, que em média fica em torno de 1,2% nas compras em débito e 1,8% no crédito.

A prática adotada nesta operação não consta em contrato. Segundo os revendedores e uma empresa de conciliação de cartões, quando questionada, a Cielo cancela o a cobrança ilegal e retorna ao que foi contratado legalmente.

Você também está sendo lesado com esta prática? Minha orientação é que o revendedor neste contexto entre em contato com a empresa e questione a prática abusiva. Caso não tenha uma empresa de conciliação no seu posto, nos procure, aqui no ClubPetro podemos te orientar com um parceiro de confiança e que pode lhe ajudar nessa demanda.


Ao se cadastrar você aceita receber os conteúdos do ClubPetro e compreende que pode se descadastrar a qualquer momento.

Posto de combustíveis