Projeto ambicioso da BR Distribuidora
Revendedor

Cuidado! Projeto ambicioso da BR Distribuidora tem o foco no seu cliente.

Artigo escrito por Ricardo Pires
Por Ricardo Pires
Criado em 07/05/2020, atualizado em 03/07/2020

Projeto ambicioso da BR Distribuidora tem o foco no seu cliente e quem vai pagar esta conta é você, revendedor!

No último dia 5, a BR Distribuidora anunciou a assinatura de um contrato de parceria com a B2W, empresa controladora das Lojas Americanas, Shoptime, Submarino e o novo aplicativo de pagamentos AME.

Essa parceria foi vista por muitos como algo muito relevante para o consumidor e revendedor, mas com bastante prudência pelos Sindicatos de Revendedores, como o Minaspetro, através de seu presidente Carlos Eduardo Guimarães, o qual compartilho a cautela e pontuações sobre o programa.

Sabemos, e não é de hoje, que quando “a esmola é grande o santo desconfia”. A BR Distribuidora, ao apresentar a parceria com o aplicativo de pagamento AME, explicou que o cashback oferecido para o consumidor nos primeiros 30 dias será de 20% e depois 10% nos 11 meses seguintes. Sensacional isso né!? Além disso, o frentista irá receber R$10,00 por cada cadastro realizado. A taxa cobrada do revendedor será de 0% durante 90 dias e 0,5% durante os 9 meses seguintes. 

Você revendedor que sobrevive com um cenário desesperador e diariamente ouve da sua distribuidora que ela está próxima da margem zero ou negativa, vai acreditar num cenário tão vantajoso para cliente, frentista e revendedor? Eu não caio mais nessa. A BR Distribuidora e AME que me desculpem a franqueza.

Será que eles acharam no negócio algo que vale mais que o combustível? Sim, acharam! E é o seu cliente. Suas informações valem, às vezes, mais que o seu posto. 

Nesse cenário tão maravilhoso, eu só tenho uma certeza, você revendedor é quem irá pagar a conta. Para ter acesso a essa “maravilhosa” parceria, você tem que assinar o PIN, Plano de Marketing da BR, ou seja, além de ser obrigado a comprar combustíveis, você também terá que pagar essa conta. Mas fica uma outra sugestão: não seria melhor a BR Distribuidora isentar o revendedor desse custo ao invés de bonificar o frentista com R$10,00 por cadastro realizado? Você revendedor tem custos altíssimos de pessoal e seria justo que comissionasse seu funcionário e não ela, pois o foco dele deve ser no atendimento rápido e eficiente, vender lubrificantes e gasolina aditivada.

Quando o trabalhador recebe uma quantia tão alta por cadastro realizado, é natural que ele mude o foco de seu trabalho, dando prioridade ao que lhe satisfaz e não necessariamente à empresa. Por que a BR Distribuidora não ajuda nas despesas pessoais de seu posto ao invés de pagar propina?

Concordo com o Cadu do Minaspetro, quando diz que as taxas de transação por esse meio de pagamento são maravilhosas nesse primeiro ponto de vista, mas já vimos diversas empresas iniciarem com um modelo vantajoso para o posto com o objetivo de ganhar escala, depois que capturam o banco de dados o negócio começa a ficar ruim e depois inviável . Como exemplo posso citar todos os cartões frotas (Ticket Car, Good Car, etc.); diversos cartões de crédito marca própria; o App Abastece Aí, da Ipiranga e o Shell Box, da Raízen. Todos estes serviços e aplicativos, após ganharem a escala necessária, começam também a aumentar as nossas taxas e custos para nossa operação.

Sempre bati na tecla de que o banco de dados deve ser do posto, é o maior bem que o revendedor pode ter. Já pensou se você tiver 70% de suas vendas no aplicativo AME que tem parceria com a BR Distribuidora? Se um dia você quiser sair por questões de competitividade na compra de combustíveis, como irá fazer? O seu cliente irá pertencer à AME e ela irá direcioná-lo a um outro posto BR. Aquele cliente que a vida toda você trabalhou e zelou pela satisfação, agora será de outro posto, que pode ser hoje seu concorrente, pois as informações do cliente não serão suas.

Eles, melhor do que ninguém, sabem que isso vale muito, não se assuste por esse tamanho de cashback e bonificação ao frentista, pois tudo isso já foi calculado tanto para a B2W quanto para a BR Distribuidora. Nesse momento eles precisam crescer a base de clientes, precisam fidelizá-los e depois rentabilizar, e quando chegar o segundo momento, você revendedor, pode ser somente uma marionete nesse jogo de 2 gigantes, onde alguns ganham rios de dinheiro e outros trabalham, entregam o ouro e aí não adianta chorar. 

Leia as Considerações do Minaspetro sobre a parceria da BR Distribuidora com o App AME e B2W


Ao se cadastrar você aceita receber os conteúdos do ClubPetro e compreende que pode se descadastrar a qualquer momento.

Posto de combustíveis