Distribuidora cancela viagem de revendedores, foi o que diversos revendedores me informaram via e-mail, se sentindo enganados. Simplesmente tiveram cancelado um cruzeiro marítimo, isso mesmo, um prêmio concedido aos revendedores desta distribuidora, como “prêmio” pelas metas batidas.

Anualmente é comum as grandes distribuidoras formarem um grupo de revendedores para uma viagem internacional ou um cruzeiro. É um momento de festa, lá estão os melhores revendedores, aqueles que bateram as metas exigidas pela distribuidora. Nada vem de graça, todo mundo sabe, e na verdade custa muito caro uma vez que o custo do plano de marketing é alto, mas é um momento de rever amigos e curtir férias com a esposa e familiares, com muito luxo e diversão.

Diversos revendedores esperam o ano inteiro por isso, lotam seus estoques de lubrificantes para bater suas metas, abaixam suas margens para acelerar o ritmo das vendas, aceitam que os assessores encham o posto de produtos de baixo giro para atingir o objetivo da tão sonhada viagem. Mas e quando isso tudo é em vão? E quando são canceladas suas férias já programadas depois de metas tão exaustivas?

O estranho é o fato do cancelamento não ter sido comunicado com transparência aos revendedores, muitos nem sabem, outros dizem que “parece” que vai ser trocado por uma viagem a NACS SHOW. Enfim, se houver essa troca da viagem do cruzeiro por 4 dias em Atlanta EUA, será um retrocesso.

Uma viagem de férias trocada por um bilhete para uma feira focada em trabalho, num local nada convidativo, não é isso que o cliente quer. O revendedor é o cliente da distribuidora, é bom que ela se lembre disso também. Vivemos um período onde a experiência do cliente é tudo, somos bombardeados de pesquisas de satisfação, seja num app de mobilidade ou e-mails de lojas diversas, todos se preocupam mais do que nunca com a satisfação do usuário.

As distribuidoras deveriam entender que o revendedor é quem faz o elo entre ela e o cliente final, ele deve ser bem tratado, deve se ter o mínimo de respeito e a ciência de que seu dinheiro não cai do céu.

O programa de marketing da distribuidora não tem valor para o revendedor, não agrega vendas, sua mais importante utilidade é a viagem a esse cruzeiro de luxo, onde anualmente encontram os amigos para compartilhar alguns dias de férias e esquecer do estresse do dia a dia. Mas uma hora esse revendedor cansa, cansa de ser tratado como alguém sem relevância, cansa de ser coadjuvante…