Fidelização, Marketing, Gestão

Você já fez um raio X do seu negócio?

Artigo escrito por Vinícius Costa
Por Vinícius Costa
Criado em 14/09/2021, atualizado em 15/09/2021

O raio X foi descoberto em 1985 por um cientista alemão, Wilhelm Conrad Roentgen, e se trata de um exame de diagnóstico de radiação ionizante feito para produzir imagens internas de diversas partes do corpo. Ele funciona como uma fotografia que mostra órgãos, ossos, músculos, vasos sanguíneos e outras estruturas.

Baseado nesse conceito, e a exemplo de um médico clínico geral que precisa de uma série de exames para detectar a real situação da saúde de um paciente, direciono minha experiência em buscar a saúde das empresas, em especial, para os Postos de combustíveis.

É comum nas redes sociais encontrarmos Revendedores completamente sem rumo, preocupados com o destino dos seus negócios e procurando uma forma de melhorar os resultados e a saúde financeira de sua empresa.

Por essa razão levanto esse tema. Precisamos saber como anda o nosso empreendimento, como estamos, como iremos saber ao certo para onde e como queremos ir?

Com base na minha vivência em empresas de diversos segmentos, gostaria de indicar a realização do raio X do seu negócio, com o intuito de chegarmos em um diagnóstico global e a partir daí alinharmos os propósitos estratégicos e as correções de rumo necessárias. Como sou mineiro, aqui em Minas se diz mais ou menos assim: QUECOSÔ, ONCOTÔ, ONCOVÔ. Brincadeiras à parte vamos ao que interessa.

Importante, tudo tem um método, tem mecanismos reais de resultados, por isso vamos começar pela Estratégia: Conheço bem o mercado onde estou inserido? Quais são meus concorrentes? Quais os pontos fortes do meu Posto? Onde eu preciso melhorar? Quais as ameaças e oportunidades?

Passando por essa fase inicial, cabe analisarmos o processo de atuação no quesito Marketing e Vendas: Como está minha relação com meus clientes? Os clientes estão fidelizados? Como está meu trabalho nas redes sociais? Possuo indicadores de performance?

E minha Organização e Processos: Meu sistema de gestão é plenamente utilizado? Como está meu processo de compra de produtos (combustíveis)? Meus equipamentos estão sendo tratados adequadamente? As condições físicas e limpeza estão boas?

E meu Financeiro: Meu DRE está sendo feito em tempo hábil para tomada de decisões? O fluxo de caixa e minha necessidade de capital de giro estão adequados? Os custos estão adequadamente gerenciados? Existem possibilidades de geração de receitas agregadas?

Sem esquecer das Pessoas: Tenho bem definido os cargos, funções, políticas de recrutamento, seleção e treinamento? O ambiente de trabalho é agradável e estimulante? Os colaboradores são engajados e motivados? 

E da Sustentabilidade: Como tenho lidado com a comunidade no meu entorno? Já pensou em energias alternativas e na melhorar a relação com o meio ambiente?

A Governança: Estou pensando na perpetuidade do meu negócio? Como está a relação com meus sócios? Tenho sucessores?

E por último, mas não menos importante o Apoio: Como está a relação com meu contador? Ele me atende plenamente? Tenho um advogado trabalhista ou cível? Como estão meus tributos? Possuo uma agência de marketing para me apoiar?

Parece difícil? Sim, dá trabalho. Porém, acredite, o caminho é seguro e os resultados aparecem quando se sabe diagnosticar a situação de um negócio. Às vezes ficamos tão voltados para nossas tarefas que esquecemos que existem pontos que devemos refletir para seguir em frente, mudando um pouco o curso da gestão com o objetivo de atingir resultados melhores que os atuais. Uma coisa é líquida e certa, se continuarmos a fazer tudo como sempre, os resultados continuarão da mesma forma. 

Não tenha medo de mudar, com certeza no início dará um pouco de trabalho, mas os efeitos certamente serão resultados melhores no futuro. E se você tiver dificuldade, não hesite, procure um especialista dos muitos que existem no mercado.

Vinícius Costa

Atua no segmento de distribuição de combustíveis há mais de 40 anos, tendo passado como executivo da Shell e diretor comercial e de marketing da ALE, além de ser professor associado da FDC com sólida formação acadêmica em gestão de negócios.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ao se cadastrar você aceita receber os conteúdos do ClubPetro e compreende que pode se descadastrar a qualquer momento.

Posto de combustíveis