o revendedor precisa se preparar para o caos
Revendedor, Coronavírus na Revenda de Combustíveis

Covid19: O revendedor precisa se preparar para o Caos

Artigo escrito por Ricardo Pires
Por Ricardo Pires
Criado em 18/03/2020, atualizado em 03/07/2020

Em poucos dias o nosso setor entrará no pior momento da história no segmento de revenda. Em 2018, tivemos a greve dos caminhoneiros, que parou o Brasil, acarretou uma queda enorme de consumo, mas não se compara ao que está por vir e o quanto tempo isso vai durar. Nesta pandemia do Covid19, o revendedor precisa se preparar para o caos.

Entraremos em quarentena, uma medida de restrição de movimentos, do direito de ir e vir, a população só poderá sair de casa para comprar itens emergenciais, como medicamentos.

Na Itália, no início do surto, os casos diários eram cerca de 70 e já na segunda semana saltaram para 500 e atingiram 1.700 na terceira. França, Espanha e Alemanha crescem num ritmo parecido com o italiano. Daqui a 8 dias, o número de infectados pelo novo coronavírus no Brasil, poderá subir até 25 vezes. Hoje, os casos já somam 350 e uma morte.

Conversei com um amigo e funcionário de uma distribuidora de combustíveis portuguesa que atua na Espanha. Segundo ele, no último fim de semana, as quedas nas vendas de combustíveis estavam em 50% e ontem estes números bateram 70% de queda, com as limitações de deslocamento impostas pelo governo. Na Alemanha a queda é de 30% e na Itália 90%, com o país parado e a população em pânico.

A Espanha contabilizou ontem 11.178 contágios, número que o Brasil deve chegar em 2 semanas se não tomarmos providências quanto ao limite de deslocamento da população. Sabemos ainda que o brasileiro não é tão disciplinado quanto os europeus e isso é um problema enorme.

Se seguirmos na mesma velocidade da Espanha, devemos bater 70% de queda de venda de combustíveis em apenas 2 semanas, ainda agora em março. E você revendedor, está preparado para isso? Se não estiver, se prepare que ainda dá tempo.

Faça suas contas, planeje seu fluxo de caixa, crie uma lista emergencial de prioridades, normalmente um posto de combustível trabalha com alguns frentistas idosos e eles estão no topo do grupo risco. É importante utilizar o banco de horas, as vezes liberar quem estiver em contrato de experiências e antecipar férias, se necessário.

Enfim, estamos em um guerra contra um oponente invisível e você revendedor, tem uma responsabilidade enorme, diversas famílias dependem do seu negócio e agora é hora de colocar a cabeça no lugar, avaliar diariamente os números e ações a serem tomadas, mas antes de tudo, deve se planejar para isso.

Na próxima sexta-feira, 20, faremos uma live, às 16h, no Instagram do ClubPetro, debatendo possíveis cenários e planos emergenciais.


Ao se cadastrar você aceita receber os conteúdos do ClubPetro e compreende que pode se descadastrar a qualquer momento.

Posto de combustíveis